' ANGICO NO AR

domingo, 17 de dezembro de 2017

Cidade mais pobre do Brasil fica na Bahia, aponta pesquisa do IBGE

Novo Triunfo, localizada a 560 km de Salvador, no nordeste do estado, é o município mais pobre do país, segundo dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Pelos dados da pesquisa Produto Interno Bruto dos Municípios 2015, feita pelo instituto, a cidade do semiárido baiano gerou apenas R$ 3.369,79 de riqueza por habitante.

Para justificar a posição (5.570ª) ocupada pela cidade baiana, que tem 28 anos de emancipação, o IBGE levou em consideração o critério adotado pelo Banco Mundial, que considera pobre quem ganha menos do que US$ 5,5 por dia nos países em desenvolvimento, esse valor equivale a uma renda domiciliar per capita de R$ 387 por mês.

“Nem-nem”
O estudo observou que, em Novo Triunfo, administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social, enquanto atividades econômicas, participavam com 65,7% do valor adicionado bruto total. Enquanto o município baiano apresenta uma riqueza de R$ 3.369,79 por habitante, a cidade de Presidente Kennedy, no Espírito Santo, primeiro colocado no ranking, registrou R$ 513.134,20 de riqueza por morador em 2015. Em segundo lugar aparece Paulínia, em São Paulo, com R$ 276,9 mil. Assim como em Novo Triunfo, a pesquisa aponta que, em 2015, 3.170 municípios no Brasil tinham como principal atividade econômica a administração, defesa, educação e saúde públicas e seguridade social.

Diante a ainda delicada situação econômica do país, o número de jovens entre 16 a 29 anos que não estudavam e nem trabalhavam cresceu consideravelmente nos últimos dois anos, destaca o relatório do IBGE com dados do Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua). Conhecidos como geração “nem-nem”, o número cresceu 4,5 pontos percentuais desde 2014 – 32,2% só em 2016.

De acordo com a pesquisa feita pelo IBGE, os “nem-nem” aumentaram no Nordeste acima da média nacional: 30,1% e 25,8%, respectivamente. A Bahia teve o quarto maior número de jovens nessa situação, com 33,9%. Alagoas lidera com 37,5%, Pernambuco segue com 36,9% e o Maranhão tem 36,3%. Em todo o país, o Amapá foi o único estado em que se constatou decréscimo no percentual de jovens que não estudavam nem estavam ocupados, mas somente quando analisado o período de 2014 a 2016.

Em 2013, esse percentual no estado baiano era de 24%. Já em 2016, pouco mais de um em cada três jovens nas faixas de 18 a 24 anos (33,7%) e de 25 a 29 anos de idade (33,9%) não estudavam nem estavam trabalhando, alerta o IBGE. De acordo com dados do instituto, no ano passado cerca de um milhão de baianos estão dentro do grupo conhecido como “nem-nem”.

Apesar de apresentar números altos, a proporção dos “nem-nem” na Bahia segue indicadores do Brasil como um todo, com o crescimento de jovens nessa situação a partir de 2014, principalmente entre 2015 e 2016. Pelo relatório do IBGE, esta categoria aumentou de 34,2 milhões em 2012 para 41,25 milhões em 2016 – um aumento de 20,5% em quatro anos.

O levantamento relaciona o crescimento dos “nem-nem” ao desemprego no país, apontando que o número de pessoas deste grupo fora do mercado de trabalho formal saltou de quatro milhões para 6,3 milhões entre 2012 e 2016, cujo aumento representa 57% neste período.

Gênero e raça
Quanto ao aspecto educacional, a maior incidência de jovens que não estudavam nem estavam ocupados, como aponta o IBGE, é entre aqueles que têm fundamental incompleto ou equivalente. No indicativo ‘raça’, o percentual de jovens que não estudavam nem estavam ocupados em 2016 de todo o Brasil era maior entre aqueles de cor ou raça preta ou parda (29,1%) do que entre os brancos (21,2%). As mulheres pretas ou pardas, enfatiza o levantamento, foram o grupo mais afetado pelo fenômeno (37,6%).

A diferença entre o percentual de homens e o de mulheres que não estudavam nem estavam ocupados ficou em 13,7% e, como ressalta o IBGE, se acentua nos grupos mais velhos. Entre homens de 25 a 29 anos de idade, 16,6% não estudavam nem estavam ocupados, enquanto entre mulheres da mesma faixa etária o percentual era de 34,6%. Com o aspecto educacional como vetor, os dados do IBGE indicam que as mulheres sem instrução ou com ensino fundamental incompleto recebiam 20,6% menos que homens de mesmo nível.
Fonte: A Tarde

Policiais Militares do Estado de Minas Gerais, Goiás e Bahia desarticulam quadrilha de assaltantes de carro-forte

Através do compartilhamento de informações entre a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Polícia Militar do Estado de Goiás, Polícia Federal (BA e DF), Força Tarefa de Segurança Pública do Estado da Bahia, Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná e Polícia Civil do Estado de Sergipe, equipes do BOPE/PMMG, DINT/PMMG, 11° Companhia Independente de Policiamento Especializado e PM/2-PMGO, acabam de desarticular uma quadrilha especializada no Roubo à Carros Fortes, em roubos a Bancos, Mineradoras e Bases de Valores.

A operação aconteceu na madrugada deste domingo (17).
A quadrilha era liderada por Carlos Jardiel de Barros Dantas, Jardiel Cabeção, morto em confronto com a PMGO no mês de 05/2017, quando se preparava para executar um roubo a Carro Forte na região de Aragarças - GO.

Após a morte de Jardiel Cabeção a liderança da quadrilha foi assumida por Jean Carlos de Barros Dantas, Bereberê, irmão de Jardiel. Já sob a liderança de Jean a quadrilha sofreu um duro golpe com a prisão de três de seus membros logo após um roubo a Carro Forte na cidade de Unaí - MG, além dos três presos foram apreendidos oito Fuzis, sendo um calibre .50.

Após essa operação a quadrilha se reestruturou e veio a agir novamente no dia 17/10/2017, na região de Grão Mogol, onde roubaram todo o dinheiro de um Carro Forte de uma empresa de transporte de Valores. Diante da movimentação e identificação dos membros da quadrilha, as equipes envolvidas na operação iniciaram varias diligências atrás desses agressores, que articulavam para o início da próxima semana uma nova investida a um Carro Forte na região de Montes Claros - MG.

Durante a operação dois dos agressores morreram em confronto com o BOPE/PMMG, e foram identificados como Jean Carlos de Barros Dantas, Bereberê e Aldenir Quirino de Sá, Galeguinho de Senhora, foragido da Justiça por roubo a banco, e foram presos Naelbe Bezerra, que portava documentos falsos, seu irmão Jeu Julio da Silva, que também portava documentos falsos e Yago Nunes de Souza.

Em poder da quadrilha foram apreendidos 5 Fuzis, sendo um calibre .50, duas Pistolas Cal 9mm, farta munição Cal .50, 7,62mm, 7,62 curto e 9 mm, aproximadamente 20kg de explosivos, veículos, uma chapa de aço que seria instalada no veículo a ser utilizado na ação, bem como outros equipamentos que seriam empregados no roubo.

As Forças de Segurança Pública envolvidas na Operação ACRÍDEO impuseram a Força do Estado na desarticulação dessa Organização Criminosa que por diversas vezes afrontou a sociedade e os poderes constituídos.

A quadrilha desarticulada por completo no dia de hoje é responsável por ações que vitimaram Policiais Militares no Estado da Bahia e no Estado do Ceará.Juntos Somos Fortes!!!


Fonte: Blogbraga / 24ª COORPIN / Bom Jesus da Lapa

Tempestade solar pode deixar a Terra na escuridão total

Uma tempestade solar pode causar escuridão total em nosso planeta, ocasionando o corte do fornecimento de eletricidade em todo o mundo. O fenômeno não pode ser previsto pelos meteorologistas, que só saberiam o que está por vir cerca de 15 minutos antes.

A meteorologista britânica Catherine Burnett informou ao jornal "The Daily Mirror" que as ejeções de massa coronal (EMC) do Sol podem viajar em qualquer direção e, caso tomem o rumo da Terra, poderiam envolver o nosso planeta completamente.

“Uma ejeção de massa coronal significativa demora 19 horas para chegar à Terra“, diz a especialista, acrescentando que “assim que víssemos uma ejeção a abandonar a estrela, saberíamos dela apenas 15 minutos antes da chegada ao nosso planeta, bem como os dados restantes sobre a direção magnética ou o seu impacto”.

Como explica a publicação, as tempestades espaciais podem ser inofensivas e, muitas vezes, são vistas da Terra na forma de uma aurora boreal. Contudo, se for de grande magnitude, poderia desligar todos os sistemas de energia e navegação.

Um grupo de investigadores da Universidade de Harvard divulgou em agosto deste ano um cálculo de quanto tempo resta na Terra até que uma erupção solar acabe com a humanidade: 750 anos. Espera-se que até lá os cientistas encontrem uma forma de proteger o nosso planeta.
Fonte: MSN

Garotinha de 4 anos desaparecida é encontrada morta debaixo da cama do vizinho

A menina de 4 anos que havia desaparecido de casa na manhã de sexta-feira (15) foi encontrada morta debaixo da cama do vizinho, na tarde deste sábado (16), em Santana de Parnaíba, na Grande São Paulo. Clara Lemos dos Santos morava com a família na Rua Boa Vista, no bairro Fazendinha. O suspeito do crime, que morava na residência do lado da vítima, fugiu e ja foi capturado. O homem de 41 anos, Valderi Larangeira da Costa, também era foragido da Justiça.
De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria da Segurança Pública (SSP), a criança havia sumido após sair para brincar na rua de casa. A mãe da menina pediu ajuda à Polícia Militar (PM) para tentar encontrar Clara. Desconfiada, a mãe sugeriu aos policiais que entrassem no imóvel vizinho. Depois de pedirem autorização à dona da casa, eles foram até o quarto e encontraram o corpo de Clara debaixo da cama. O vizinho já havia fugido, de acordo com a polícia. O caso foi registrado como homicídio na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Santana de Parnaíba. A causa da morte não foi informada.

Monstro capturado

Segundo a Polícia Militar, ele foi localizado em um bar, na Rua Uruguaiana, por volta das 14h, em Carapicuíba, Grande São Paulo, e negou o crime.

“Com a grande repercussão do caso, principalmente pelas redes sociais, com pessoas divulgando informações, o que ajudou muito, tivemos uma denúncia de que ele estaria nesse local. Ele estava se refugiando numa casa ali perto, em que pagou aluguel de R$ 400”, contou o sargento Oliveira, do 20º Batalhão da Força Tática.

Valderi Larangeira da Costa também era foragido da Justiça, há três anos segundo a polícia, por uma condenação de roubo no Centro de Progressão Penitenciária de Pacaembu, que é de regime semiaberto. Ele foi encaminhado ao 1º DP de Carapicuíba. Na tarde de sexta-feira, o corpo de Clara Lemos dos Santos, de 4 anos, foi encontrado com sinais de violência sexual e ferimentos de arma branca, ainda não identificada, embaixo da cama da residência onde ele mora com a esposa, na Rua Boa Vista, bairro de Fazendinha, em Santana de Parnaíba. Eles são vizinhos da família da menina.

Parentes haviam acionado a Polícia Militar após a criança ter desaparecido enquanto brincava na rua. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, após as buscas, a mãe dela desconfiou que a filha poderia estar escondida na casa do vizinho. Os agentes entraram na residência com a autorização da mulher dele e encontraram o corpo. Valderi não estava no local. O caso foi registrado como homicídio e está sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher de Santana de Parnaíba.

Jovem grávida, desaparecida há 24 horas, é encontrada morta em Feira

O corpo de uma jovem desaparecida desde há 3h00 da tarde deste sábado (16), em uma estrada rural do município de Serrinha. Daiane Reis, moradora da cidade de Serrinha, ela estava grávida de nove meses e estava marcada para esta segunda-feira o nascimento do filho.
Daiane Reis estava desaparecida desde a tarde de ontem e foi encontrada morta em um matagal perto da Feiraguai em Feira de Santana. A policia ainda não tem informações do que motivou o crime ou quem poderia ser o autor. A Delegacia de Homicídios tem algumas hipóteses mas preferiu não torná-las públicas, afim de não atrapalhar as investigações. Daiane estava grávida de oito meses de uma menina. A qualquer momento novas informações.

Simpatizantes de Jair Bolsonaro instalam Outdoor as margens da BA 120 em Coité

Outdoor fica na saída Coité – Retirolândia
O nome do deputado Jair Bolsonaro (PSC) que vem surgindo como um dos pré-candidatos a presidência da república tem sido fortalecido pelos simpatizantes de várias regiões do Brasil, que se organizam, fazem a tradicional ‘Vaquinha’para custear as despesas de outdoor.

Na manhã deste sábado, 16, dezenas de simpatizantes coiteenses de Bolsonaro, fizeram uma homenagem onde aparecem uma foto do político com a frase “Eu apoio político honesto”. O outdoor instalado na BA 120 na saída da cidade para Retirolândia, “enaltece um dos princípios que deveria ser seguido por todos os políticos no país, a honestidade”, disse um dos responsáveis pela instalação do outdoor, que acrescentou:” A atitude não tem relação com o fato do deputado ser um dos presidenciáveis no Brasil, mas sim como uma forma de protesto a onda de corrupção que se instalou no país. No Brasil, é raro encontrar um político que não tenha seu nome envolvido em algum esquema de corrupção, e o Bolsonaro é uma das exceções”, afirmou o simpatizante.

Quando questionado se não temia um processo por estarem antecipando uma propaganda do candidato o simpatizante frisou que “A liberdade de expressão é um direito constitucional e ainda temos o Artigo 36-A da Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997), que expressa claramente que não se caracteriza como propaganda antecipada a realização de reuniões de iniciativa da sociedade civil, de veículo ou meio de comunicação ou do próprio partido, em qualquer localidade, para divulgar ideias, objetivos e propostas partidárias”, finalizou.
Fonte: Calila Noticias

Abastecimento de água é normalizado temporariamente em Umbuzeiro

Na tarde deste domingo 17 de dezembro de 2017, algumas ruas do povoado de Umbuzeiro, município de Mundo Novo, começou a receber água nas torneiras.

A população de Umbuzeiro, Alto Bonito e Angico estavam passando por um racionamento a mais de 2 meses, sendo abastecido por caminhões pipas.

Mais isso mudou graças às chuvas que ocorreram no início do mês de dezembro na região.

O rio da cigana, que abastece essas localidades está com um nível de água que até então satisfatório.

Esperamos que as chuvas continuem para o abastecimento não ser prejudicado novamente.

Nos demais povoados abastecido pelo reservatório, o abastecimento será normalizado em Breve.
Fonte: Fabiano Notícias

Mairiense é destaque em revista por sua rápida evolução no Carrefour, em Campinas-SP


O jovem foi destaque na revista Fique Ligado.

Num piscar de olhos.
Em pouco mais de um ano, o jovem Yure Souza Silva, de 21 anos, natural do povoado de Manguinhas, município de Mairi-BA, chegou a gerente comercial no Hiper Carrefour, em Campinas-SP.

Ter objetivos definidos e saber traçar metas para alcançá-los é o primeiro passo para uma conquista. E se você é determinado e encara os desafios do dia a dia de forma positiva, então... Uau!

Esse está sendo o caminho seguido pelo Yure Souza Silva, que aos 20 anos foi promovido a gerente comercial no Hiper Campinas Dom Pedro, no interior do Estado de São Paulo.

Yure iniciou a sua trajetória no Carrefour como operador de loja na Salsicharia do hiper Sorocaba Norte, também no interior paulista. Ali, desempenhou a função com tanta dedicação e excelência que, um ano depois, já havia sido convidado pelo diretor André Rodrigues da Silva para se tornar gerenciador de Salsicharia da loja de Campinas.

Desenvolvimento continuo

Foi então transferido e sua carreira deslanchou. Em outubro passado Yure aceitou um desafio, o de se tornar gerente comercial. "Ele se esforça muito, é atencioso e ágil em tudo que faz. Além disso, sempre busca desenvolver suas habilidades e potenciais a cada feedbeck", relata Julia Mattos, assistente de RH em CPS. E Yure, o que pensa disso tudo? "Ah, isso é só o início", diz ele, que deseja uma bonita carreira profissional aqui no Carrefour.

Bate-bola com Yure Silva
Yure Souza Filho
Idade: 21 anos
Cargo atual: gerente comercial
Entrou no Carrefour em: 3/3/2016
Percurso: iniciou no SON como operador de loja na Salsicharia. Foi promovido a líder do setor pouco depois e, em março de 2017, assumiu o cargo de gerenciador no hiper CPS. Hoje já é gerente comercial.

Você começou a trabalhar bem novo, né?
Desde os 14 anos eu já trabalhava com meu pai, em um mercadinho da família, em Mairi, interior da Bahia.

Como chegou ao Carrefour?
Meu irmão mora em Sorocaba e um amigo dele, que trabalha no SON, levou o meu currículo na loja. Tudo foi muito rápido, entreguei o CV, fiz uma entrevista e logo depois estava trabalhando. Eu nem tinha intenção de ficar, mas fui chamado pra ajudar na inauguração de uma outra loja e fiquei encantado. Ali descobrir que queria trilhar carreira.

Conhece muita gente que já foi promovida?
Conheço sim, vários colegas em SON e em CPS. Eu sabia das oportunidades, mas nem imaginava que pudesse acontecer comigo. Ficava feliz pelos meus colegas.

O que significa para você o cargo de gerente comercial?
Nunca imaginaria que eu, vindo do interior da Bahia, seria gerente de uma multinacional, num cargo de confiança, cuidando da loja no geral. Só tenho a agradecer.

O que é importante para evoluir?
Se dedicar ao máximo, se doar. Traçar objetivos e focar. Não vai ser fácil, mas não podemos desistir na primeira dificuldade.

Deixa uma mensagem aos colaboradores de outras unidades.
Se deseja algo, corra atrás para alcançar. Eu sou a prova viva de que, quando a gente quer, a gente é capaz. O céu é o limite.
Yure é filho de Raimundo Gonçalves da Silva, conhecido como Cuia, ex-vereador do povoado de Manguinhas, município de Mairi. A mãe dele é Suely Maia de Souza.
Fotos:

Fonte: Agmar Rios