' ANGICO NO AR: Internado há dois anos, menino deixa UTI após visita de Luan Santana

sábado, 21 de janeiro de 2017

Internado há dois anos, menino deixa UTI após visita de Luan Santana

O pequeno Caique, de apenas três anos, tem motivos de sobre para comemorar. Internado há dois anos e três meses na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Praia Grande, no litoral de São Paulo, por conta de uma atrofia muscular espinhal, recebeu alta nesta nesta-feira (20). Um dia depois de conhecer o cantor sertanejo Luan Santana.

Luan está na cidade para o show de 50 anos do município e foi até a unidade médica conhecer Caique após uma campanha nas redes sociais, iniciada pela assessoria do Irmã Dulce. O garoto é fã do cantor sertanejo e estava dormindo na hora da visita, mas Luan gravou um vídeo com uma mensagem de força e esperança.

Os pais de Caique comemoraram a decisão. O menino vai poder continuar recebendo o tratamento em casa com um 'home care'. "A Justiça determinou que o plano de saúde custeasse o home care (em torno de R$ 30 mil) para o Caique, mas eles só poderiam instalar os equipamentos em um local adequado e a casa deles na época não comportava. Eles até tinham uma outra residência adequada, mas estavam perdendo o imóvel por dívidas, quando um empresário fez uma doação e recuperou a casa que tinha condições", explicou o jornalista Antonio Cassimiro, um dos responsáveis por divulgar a história de Caique na internet e pedir a visita do artista, ao G1.

Filho mais novo de Cristiana e Genivaldo, Caique nasceu de parto normal, mas aos cinco meses começou a ficar com o corpo 'mole'. Ele foi internado pela primeira vez com falta de ar e suspeita de H1N1, mas na verdade ele atrofia muscular espinhal, o que faz com que ele perca a potência muscular e não consiga andar. Emocionado, Genivaldo cumprimentou todos os enfermeiros que conheceu durante os anos no hospital.
"É a primeira vez que ele (filho) sai. É uma sensação inexplicável. Foram mais de dois anos esperando e eu consegui. Muita gente me ajudou. Obrigado a todos", agradeceu o morador ele.
Fonte: CORREIO