' ANGICO NO AR: Sepultura é violada e corpo é desmembrado

domingo, 20 de novembro de 2016

Sepultura é violada e corpo é desmembrado

A sepultura onde o corpo do pedreiro Clinffet Willes da Silva Machado, 37, estava enterrado foi violada no cemitério de Maragogi, no Litoral Norte de Alagoas. Segundo a Polícia Civil, o corpo foi encontrado na manhã desta sexta-feira (18) queimado e sem a cabeça e um dos braços.

O pedreiro foi assassinado na quarta-feira (16), na Barra de Santo Antônio e o enterro aconteceu no dia seguinte. A polícia não tem suspeito do crime, que ficará sob investigação da Delegacia Regional daquele município.

Nesta sexta, a Polícia Militar foi acionada para checar uma denúncia sobre a violação do túmulo. Os militares foram ao local e comunicaram o caso à Polícia Civil.

“Recebemos o chamado da PM por volta de 8h, mas esse crime deve ter acontecido na madrugada”, disse o escrivão Benedito de Jesus.

Segundo o policial, o pedreiro já havia sido preso por envolvimento com tráfico de drogas. “Entramos em contato com a Delegacia da Barra de Santo Antônio, que investiga a morte dele, para pegar mais detalhes. Aqui em Maragogi será investigada a violação do túmulo”, disse.

Benedito explicou que o crime é considerado vilipêndio de cadáveres, que é quando há o derespeito a mortos. A pena neste caso é de um a três anos de reclusão, além de pagamento de multa.
G1