quarta-feira, 29 de julho de 2015

“Nunca dei sorte”, diz mulher presa após matar o quinto marido

Uma mulher de 62 anos, conhecida como Viúva Negra, foi presa na noite deste domingo (26), na cidade de Ielmo Marinho, no Rio Grande Norte, acusada de matar o quinto marido, de acordo com informações da polícia. Maria Nazaré Felix de Lima confessou os crimes e disse ter matado o último companheiro a pauladas neste domingo.

“Eu matei quatro. Matei porque eles me batiam, me espancavam. Nunca dei sorte. Ontem eu estava embriagada, por isso matei usando um pedaço de pau. Eu estou me tremendo muito, estou arrependida”, disse ela.

A PM informou que a vítima já tinha um relacionamento amoroso com a “viúva negra” há alguns meses. “Eles conviviam juntos. Toda cidade via e até alertava ele do passado dela”, disse o PM que prefere não se identificar.

Ela foi condenada por três dos crimes cometidos na década de 1990, e ficou presa, mas há 5 anos estava em liberdade. Ainda de acordo com informações da polícia, a criminosa já matou companheiros de tesoura, faca, pedradas e pauladas.

A “Viúva Negra” permanecerá detida e deve ser transferida para o presídio feminino.
Fonte: Varela Notícias

Novo site vende dados sigilosos e até mensagens do Whatsapp; MP investiga

Depois do ‘Tudo Sobre Todos‘, um novo site está sendo acusado de vender informações sigilosas de cidadãos brasileiros. A diferença é que além de oferecer números de documentos, o Cartório Virtual divulga ainda localização dos bens da pessoas, detalhes das contas de telefone e até conversas do aplicativo Whatsapp.

Para usar o serviço é necessário desembolsar valores mais altos que os cobrados pelo ‘Tudo Sobre Todos’. Detalhes de conversas do Whatsapp, por exemplo, sai por R$4 mil. Mas se o usuário estiver buscando imóveis por nome ou CPF, basta pagar R$298.

Apesar de ter virado alvo de investigação do Ministério Público somente agora, a página do Cartório Virtual informa que o serviço é bem antigo: “dez anos de excelência em prestação de serviços jurídicos”. Segundo o Estado de S.Paulo, um documento foi apreendido e está sendo analisado pelo promotor criminal Cassio Roberto Conserino, responsável pela investigação.

Segundo ele, a comercialização de dados viola direito à intimidade e à vida privada. “Isso favorece a arapongagem, extorsão e uma série de problemas à margem da legalidade. Evidentemente, tais informações não são obtidas dentro da legalidade”, explica o promotor.

Conserino já solicitou a suspensão do site à Justiça, mas foi indeferida por não conter nos autos um documento que comprovasse as práticas acusadas. Segundo a publicação, para o juiz que tomou a decisão, obter dados pessoais como o número do CPF é de ‘domínio público’.

Com a negativa, o promotor recorreu e solicitou um mandado de busca e apreensão no endereço do suposto responsável pelo Cartório Virtual, Marcelo Lages Ribeiro de Carvalho. Para o Estado de S.Paulo, Marcelo informou que não está sendo investigado e que trabalha como tabelião e perito judicial. Ele disse ainda que não há irregularidades em vender os dados e que está respaldado nos Códigos Civil e Penal. “Tenho acesso aos cartões de crédito, se fosse de má-fé, já estaria milionário”, comentou.

O dono do Cartório Virtual acredita que a prática não é invasão de privacidade. “Seria se fosse uma pessoa comum, e não um perito. É o mesmo exemplo dos bombeiros: se está pegando fogo em uma residência, ele não tem de quebrar a porta? Ele faz o que é necessário para salvar vidas. O que eu tenho para passar, passo. Se tiver de entrar num bando de dados para pegar uma informação, eu entro, levo à Justiça e emito o laudo”, defendeu.

Segundo Marcelo Carvalho, o site presta serviço para órgão policiais e Tribunais de Justiça de todo o país. “Já emiti cerca de 20 mil laudos”.

Uma das acusações de Cássio é de que o Cartório Virtual prática bilhetagem – divulgação do histórico de chamadas de uma linha telefônica fixa ou móvel.”Se você tem dúvidas? E deseja saber par quem seus parentes ou funcionários estão telefonando” Temos uma solução jurídica: conta detalhada ligações (sic)”, diz a página.

Tudo Sobre Todos
No tudosobretodos.se é possível encontrar informações pessoais de qualquer brasileiro. Além do número de telefone, endereço e cpf, o site mostra nomes de parentes, pessoas que moram na mesma casa, lugares onde a pessoa já morou ou trabalhou e até mesmo quem são os vizinhos. Também é possível encontrar todas as redes sociais.

Para ter acesso a todos os dados é necessário fazer um cadastro e pagar por créditos, que custam R$0,99 cada. No plano básico, com 10 créditos, o custo é de R$9,90. Para obter dados de mais pessoas, os site oferece outros dois planos de até R$79 – e ainda faz promoção com descontos.

Segundo o Tudo Sobre Todos, os créditos possuem validade de 3 meses e, assim como créditos de celular, podem ser reativados com novas ‘recargas’. Um abaixo-assinado direcionado para a Superintendência da Policia Federal em Rondônia foi criado no site Petição Pública.

O texto da petição pede investigação para os dados divulgados sem autorização. “Muito semelhante e digo até mais completo que o site nomesbrasil, que fora alvo recentemente de investigação do MPF”, aponta texto.

Fonte: Correio24H

Decepcionada, mulher tenta se matar após conhecer pessoalmente namorado virtual


Uma jovem de 23 anos tentou se matar após conhecer pessoalmente seu namorado virtual. O encontro aconteceu em um hotel na província de Heilongjiang, na China, e a mulher achou o homem muito feio. Ela foi salva pela polícia local, que foi chamada para apartar a briga do casal.

Assim que os policiais chegaram ao quarto do hotel, a mulher, que estava com os pulsos cortados, correu para a varanda gritando “você me enganou”. Ela tentou se jogar, mas foi impedida. Quando os policiais acharam que a briga tinha acabado, a mulher engoliu um punhado de tranquilizantes e cacos de vidro. 


Segundo o site ‘Shanghaiist’, a mãe da jovem disse que foi contra o namoro desde o início porque o homem era 10 anos mais velho que a filha. Ela confirmou que a jovem não gostou da aparência real do namorado e que por isso tentou o suicídio.

Fonte: iBahia

Mel é transformado em combustível em empresa no interior da Bahia

Proprietário de uma empresa produtora de mel no município de Barra do Choça,no sudoeste da Bahia, o apicultor Luiz Jordans desenvolveu um projeto que possibilita a transformação do alimento em álcool combustível.Por meio da ideia, o empresário diz que zerou o descarte de mel no empreendimento e hoje mantém um veículo usado nos negócios apenas com o combustível alternativo.
Carro movido a mel
Ao G1, Jordans explicou que a empresa produz dez mil quilos de mel por mês. Neste período, 100 quilos, que equivale a 1% da produção, acabavam sendo descartados por oferecerem risco ao consumo humano. O produtor tinha opção de transformar o percentual de descarte em ração para as próprias abelhas, entretanto, o risco de fermentação poderia colocar a vida dos insetos também em risco.
“Temos uma produção sustentável e não queríamos jogar esse percentual descartado no meio ambiente. Isso nos incomodava”, ressaltou sobre o incentivo para o início dos estudos.

Em 2011,o empresário afirma que a empresa iniciou um processo de pesquisa que possibilitasse o aproveitamento do mel descartado no processo de produção. Com o financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), foi identificada a possibilidade de transformar o descarte em álcool alimentício.

Por meio de um procedimento de recolhimento e fermentação, que contou com auxílio técnico do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), o empresário detalha que o mel atingiu as características necessárias para ser transformado em álcool alimentício. O produto pode ser utilizado na produção de licores e extratos medicinais. “Estamos armazenando para a produção desses dois produtos. Temos agora que apresentar os resultados destas pesquisas ao Ministério da Agricultura, para que possamos comercializar essa produção”, destaca.

Mesmo com a transformação, Jordans percebeu que 30% do álcool alimentício produzido também seria descartado no processo de produção. “O que fazer com segundo descarte?”, disse Jordans sobre o questionamento que gerou o desenvolvimento de um novo projeto, no início deste ano. Desta vez sem financiamento, o empresário destacou o início dos estudos para transformação do alimento também em álcool combustível.

“Foi instintivo. Nosso objetivo era zerar o descarte”, comentou. Jordans explica que o mel, além da fermentação, foi inserido em um processo de destilação. Em resumo, o alimento é fermentado, transformado em mostro (misturado com água) e em seguida destilado. O resultado atingido no processamento foi o álcool combustível.

Por conta do projeto, segundo Jordans, a empresa zerou todo o descarte de mel. Além disso, o alimento transformado em combustível passou a abastecer um veículo usado nos serviços de manutenção de apiários e entrega de mercadoria da empresa. O carro transita entre as cidades de Barra do Choça e Vitória da Conquista, 28 km distantes.

“Agora, fechamos o ciclo e não temos mais descarte nenhum”, disse. Os resultados da pesquisa foram encontrados neste ano e chegaram a ser apresentados no Congresso Baiano de Apicultura, que foi realizado entre os dias 7 e 10 de julho deste mês, em Ilhéus.

“O projeto faz parte de uma necessidade ambiental. É um compromisso que as indústrias devem ter o meio ambiente”, afirma. A empresa de Jordans foi criada em 1995 e produz mais 1 tonelada de mel por ano. O produto é distribuído para toda a Bahia e para estados como Pernambuco e São Paulo, além do Distrito Federal. O pesquisador afirma que não pretende usar álcool do mel para comercialização, mas continuará utilizando o combustível sustentável no veículo da empresa.

Informações G1 Bahia

Motorista da Eletrozema simula acidente para roubar a carga do caminhão em Tanque Novo-BA

Na noite de segunda-feira (27) a Polícia Militar de Tanque Novo-BA, foi acionada sobre um suposto acidente envolvendo uma carreta da loja Eletrozema, ocorrido nas proximidades do distrito de Caldeiras (Caetité/BA).
O condutor já havia sido encaminhado ao hospital de Tanque Novo, porém ao interrogar o motorista "acidentado" a polícia descobriu que o mesmo havia simulado o acidente seguido de assalto para justificar o desaparecimento de parte da carga que ele mesmo havia roubado com a participação de dois comparsas da sua cidade de orígem (Janaúba-MG) e que os mesmos estavam lhe dando cobertura na cidade de Tanque Novo. Após prender o motorista, Vinícius Pereira da Silva, a Guarnição da PM composta pelos soldados Welisson, Cruz e Silva Sá, agiu rápido e conseguiu efetuar a prisão dos outros dois envolvidos, Endrew Thierry Martins Santos e Leandro Souza Oliveira que estavam a bordo de um veículo gol branco, placa OQB-6990 com licença de Montes Claros - MG. Com a ajuda da polícia mineira os objetos roubados foram localizados na cidade Janaúba-MG.
Fonte: Cultural FM

Viagra faz pai de Michael Jackson ir parar na UTI diz site

A passagem de Joe Jackson, pai de Michael Jackson pelo Brasil, tem sido um furacão. Depois de ter passado pelo Corinthians – acompanhado de uma moça voluptuosa –, o empresário enfrentou um sábado, digamos, farto de excessos. Ele fez um tour gastronômico pela cidade e terminou o dia no Bar do Nelson, da empresária Lilian Gonçalves, na Santa Cecília – por lá, ele exagerou, bebeu caipirinha e outros drinques elaborados. O problema maior, porém, foi que Joe Jackson, que estava acompanhado, teria ingerido três comprimidos para combater a disfunção erétil. Ele não resistiu e sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e foi internado na UTI no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul. A produção do artista ficou em choque.

E no último domingo, Joe Jackson festejaria os 87 anos, no Golf Club, em São Paulo. Diante do estado de saúde, porém, teve de ficar no hospital. A festa, porém, rolou. Quem compareceu ao evento, inclusive, não entendeu nada. Marcado para acontecer entre às 18h e às 23h, a festa fracassou por volta das 21h. “Com uma lista farta de subcelebridades”, disse um dos convidados à coluna. O cardápio estava impecável, mas o clima era estranho – custo total da festa foi de R$ 600 mil, para 200 convidados.

Ao chegar no evento, muitos foram barrados na porta – o convite era uma pulseira digital. Quem estava muito cansado da produção seguiu para o Baile do Abrava, de Tiago Abravanel. Geisy Arruda, entre as convidadas, também foi embora mais cedo. “Motivos óbvios”, disse ela.
 
Fonte: Diário de São Paulo

Projeto Esporte é Vida realizará Copa Taça Mairi de Futsal Juvenil

Vimos por meio deste meio de comunicação convidar a população mairiense a prestigiar conosco a primeira Copa Mairi de Futsal Juvenil do Projeto Esporte é Vida.

A copa terá inicio no mês de agosto em prol a comemoração pelos 118 anos de emancipação política de Mairi e terá término em setembro.

As atividades esportivas serão realizadas nos dias de segunda -feira, quarta - feira, sexta -feira e sábado sobre a orientação do coordenador técnico Dodó do Projeto Esporte é Vida. 


Vale ressaltar que nossas atividades serão realizadas a noite, a partir das 19 horas. Certo de contarmos com vosso apoio; desde já agradecemos com votos de estima e apreço pelo evento esportivo.


Conheça o Projeto Clicando AQUI!

Luciano Santana Almeida
Coordenador do Projeto

Mairi - BA, 28 de Julho de 2015.
Fonte: Mairi News

Carro estacionado em ciclovia é retirado por homem forte; veja o vídeo

A atitude de um homem com a falta de educação de um motorista que estacionou o carro em cima de uma ciclovia chamou a atenção nas redes sociais. A situação aconteceu em uma cidade brasileira. No vídeo o homem pedala pelo local destinados paras as bicicletas quando tem o caminho interrompido pelo carro. Não satisfeito ele usa a força dos braços para remover o veículo e poder continuar.

Pedestres que estavam no momento aplaudiram a atitude do rapaz. A cena virou sucesso na internet e em menos de dois dias foi visualizada por mais de 700 mil pessoas no YouTube. O carro levantado foi um Fiat Uno, que pesa cerca de 800 kg.

Vídeo abaixo: