' ANGICO NO AR

domingo, 15 de julho de 2018

Número de professores com transtornos mentais dobra assustadoramente

Foto reprodução
Uma recente pesquisa divulgada pela Globonews afirmou que o número de professores de escolas estaduais afastados por transtornos mentais ou comportamentais quase dobrou entre 2015 e 2016. De acordo com a apuração no ano de 2015, cerca de 25.849 professores apresentaram algum tipo de problema. Em 2016 esse números chegou a 50.046. No ano de 2017, até setembro, houve 27.082 afastamentos de docentes.

Outra pesquisa realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com mais de 100 mil professores e diretores de escolas do segundo ciclo de ensino fundamental revela que o Brasil é o país que tem o maior índice de violência contra professores. A enquete foi feita com 34 países e constatou que 12,5% dos professores brasileiros já foram vítimas de agressões verbais ou intimidação de alunos pelo menos uma vez na semana.

Outro pesquisa denominada Trabalho Docente na Educação Básica do Brasil revela que depressão, ansiedade, nervosismo e estresse são algumas das principais causas que levam ao afastamentos de professores. Em declaração a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE) afirma que a categpria sofre muito estresse devido à quantidade de alunos em sala de aula, baixa remuneração e pelas más condições de trabalho.
Fonte: Minha Vida

Bandidos assaltam ônibus escolar na estrada do Ipirazinho, em Ipirá

Na noite desta sexta-feira (13), um ônibus escolar que transportava alunos do Povoado do Ipirazinho, zona rural de Ipirá, foi alvo de criminosos quando retornava da sede do município por volta da 22hs.

Segundo informações obtidas via WhatsApp, o ônibus foi interceptado por cerca de seis criminosos armados que adentraram no veículo e roubaram dinheiro e pertences pessoais, além de agredir os alunos.
Fonte: Ipirá Notíciais

Três vereadores de Seabra são cassados por inclusão de falsas candidatas para atingir cota

Foto: Arte G1/Reprodução/Divulgacand
Três vereadores de Seabra, na Chapada Diamantina, tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. O motivo foi que eles incluíram falsas candidatas na coligação que participaram, nas eleições de 2016, como forma de cumprir a cota feminina exigida. Segundo informações desta sexta-feira (13), via G1, a decisão foi expedida pelo juiz Pablo Venício Novais Silva, da 88ª Zona Eleitoral. Os vereadores cassados são: Marcos Pires Ferreira Vaz (PDT), Selson José de Souza (PRB) e Lília Carneiro da Silva (PDT).

Em nota, a Câmara de Vereadores de Seabra disse que vai recorrer da decisão. Ainda segundo a Justiça Eleitoral, duas mulheres concorreram nas eleições com os vereadores, pela coligação "Unidos Por Uma Seabra Melhor" - formada por PRB, PDT e PR. No entanto, as duas nem divulgaram as candidaturas delas. A postulante, identificada como Ana Cristina, recebeu apenas um voto. Já a outra, Rilma Quinheiro, não recebeu nem um. A candidata Ana Cristina é irmã da vereadora Lília Carneiro.

Juiz baiano obriga escolas de Crisópolis e Olindina a executarem hino nacional

O juiz José de Souza Brandão Netto, substituto na cidade de Crisópolis, no nordeste baiano, determinou o cumprimento da Lei 5700/71, que obriga a execução do hino nacional uma vez por semana em escolas públicas e privadas. As escolas foram informadas sobre a determinação em um ofício e se há ordem não for cumprida, poderá ser aplicada uma multa. Segundo o juiz, esta não é a primeira vez que ele determina a medida. Ele já havia determinado em outras comarcas da Bahia em anos anteriores. "A lei Federal determina que haja execução do hino uma vez por semana nas escolas públicas e privadas. Isso já foi comunicado para a secretaria de educação e agora os agentes de Proteção da Infância e Juventude vão investigar se isso está acontecendo”. O ofício também foi endereçado para escolas de Olindina. No documento, o juiz destaca que o não cumprimento da Lei dos Símbolos Nacionais é considerado contravenção e lembra que é “obrigatório o ensino do desenho e do significado da Bandeira Nacional, bem como do canto e da interpretação da letra do Hino Nacional em todos os estabelecimentos de ensino, públicos ou particulares, do primeiro e segundo graus”.
Fonte: Bahia Noticias

Homem usa submetralhadora para ameaçar a mãe e obrigá-la a fazer café

Um homem de 24 anos foi preso na noite desse sábado (14) em Montes Claros, na região Norte do Estado de Minas Gerais, depois de obrigar a mãe a fazer café, ameaçando-a com uma submetralhadora artesanal. De acordo com o jornal mineiro O Tempo, com informações da Polícia Militar, mãe e filho estavam em casa, quando o suspeito pediu à vítima que fizesse café. Como ela se negou, ele apontou a arma para a cabeça da mãe e a obrigou-a fazer o café. Após uma irmã do suspeito chamar a polícia, ele fez a mãe de refém e negociou a sua liberação. O jovem fugiu, deixando para trás a arma e 94 tubos de pólvora. Pouco depois, o homem foi encontrado escondido em um buraco coberto por folhas no quintal da casa da família. Ele foi preso e será investigado pela Polícia Civil de Montes Claros.
Fonte: Noticias ao Minuto

Briga por “litro de cachaça” termina com homem morto a facadas em um bar na Bahia

Um homem foi morto com um golpe de faca durante briga em um bar por volta das 20h20 deste sábado (14/7) na Fazenda Tabuleiro de Amargosa, em Conceição do Coité, na região do Sisal. A vítima foi identificada como Leonidio Oliveira Sena, de 47 anos, conhecido como “Nido de Lazin”. Segundo a Polícia Militar contou ao Berimbau Noticias, Leonidio foi morto com um golpe de faca na região da axila direita depois de se envolver numa briga com um homem identificado pelo apelido de “Tinta”, morador da localidade onde ocorreu o crime. O suspeito do homicídio fugiu. O motivo da discussão, segundo testemunhas, teria sido um litro de cachaça.

“A briga foi por causa de um litro de conhaque de doze reais. Tinta pegou o litro pensando que era de outra pessoa e Nido disse que o cara [o agressor] era ladrão. Eles ficaram batendo boca e Tinta meteu a faca”, disse uma testemunha ao Portal Cleriston Silva. A vítima chegou a ser encaminhada com vida ao Hospital Português de Conceição do Coité, mas não resistiu aos ferimentos. Guarnições da 4ª Companhia da Polícia Militar segue na região fazendo diligências para tentar prender o suspeito.
Atenção. Imagem forte clique aqui.

Escorpião é o animal peçonhento que mais mata no Brasil, confira

As picadas de escorpião já são responsáveis por mais mortes no Brasil do que as picadas de cobra. Encontrados em áreas urbanas, os escorpiões se reproduzem com facilidade e costumam se abrigar da luz escondidos sob pedras, entulhos, lenha, material de construção, encanamentos, dentro de calçados e roupas, no interior das casas e em seus arredores. Responsável por 184 mortes no Brasil em 2017, o escorpião ultrapassou as serpentes no topo do ranking de animais peçonhentos que mais matam no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde. No mesmo ano, foram registrados 105 casos de morte por veneno de cobra.

De 2013 para cá, aumentou em 163% o número de óbitos causados por esse artrópode; naquele ano, eram apenas 70. A proporção no aumento das mortes é muito maior do que a dos casos notificados de escorpionismo, ou seja, situações em que o escorpião injeta veneno em uma pessoa através do ferrão, sem necessariamente levá-la à morte. Eles somaram 125.156 no ano passado, diante de 78.363 em 2013, um aumento de quase 60%. Os escorpiões são carnívoros. Alimentam-se de insetos, como cupins, grilos e baratas (especialmente), mas podem sobreviver longos períodos sem comida e sem água.

Quais os sintomas da picada?
Segundo a médica Ceila Malaque, do hospital Vital Brazil, logo após o acidente ocorre dor no local da picada, que pode ser de forte intensidade ou, em alguns casos, apenas uma sensação de formigamento no local da picada.

"Com menor frequência, a pessoa que sofreu a picada pode apresentar manifestações como: vômitos, suor pelo corpo todo, aumento dos batimentos cardíacos, salivação aumentada, falta de ar, pressão arterial baixa. Essas manifestações sistêmicas aparecem de minutos a poucas horas após a picada. Essas alterações sistêmicas são observadas com maior frequência em crianças que em adultos".

Como é feito o tratamento?
O tratamento depende das manifestações que o paciente apresenta. No caso do quadro local, que é a grande maioria, o tratamento é voltado para controlar a dor, e as medicações utilizadas dependem da intensidade da dor.

Malaque explica que nestes casos não há necessidade de administrar o antiveneno (o soro específico). Somente quando o paciente apresenta as manifestações sistêmicas o antiveneno está indicado, além de outras medidas de suporte a vida.

Existe algum tratamento caseiro? Aplicar gelo na picada pode ajudar?

Não existe tratamento caseiro para a picada de escorpião. Após o acidente, a pessoa deve procurar o serviço médico mais próximo. Sobre o gelo, um método divulgado na internet, Malaque faz um alerta: "O gelo não deve ser utilizado no local da picada porque piora a dor. O uso de calor local (morno e não quente) às vezes pode auxiliar no manejo da dor".

20 kg mais magra, Marília Mendonça aparece irreconhecível

Marília Mendonça é um grande sucesso. E desde que começou a ser conhecida, seu corpo foi alvo de comentários e discussões. Mesmo gordinha, ela nunca se mostrou incomodada com isso, e ajudou muitas pessoas que tinham problema de auto estima.

Recentemente, a cantora começou um processo de emagrecimento, devido a cuidados em sua saúde. E nas redes sociais, os fãs tem acompanhado a mudança dela, que é bastante visível.

Nesta sexta-feira, dia 13/07, Marília compartilhou uma foto, onde aparece 20 kg mais magro, e surpreendeu seus seguidores. E entre os diversos comentários, alguns chegaram até a dizer que ela está irreconhecível.

“Você está arrasando”, “Parabéns pela força de vontade” e “Nem reconheci ela. Está muito diferente e linda”, foram alguns dos comentários.
Fonte: Minuto Livre

Veja como emagrecer clicando aqui.