' ANGICO NO AR: População de Mairi protesta contra o fechamento da agência do Banco do Brasil

sexta-feira, 18 de maio de 2018

População de Mairi protesta contra o fechamento da agência do Banco do Brasil

Moradores de Mairi, município localizado no Centro-Norte do Estado da Bahia, realizaram hoje (18), às 10h, protesto pacífico contra o fechamento da Agência do Banco do Brasil da cidade.

A manifestação contou com o apoio da população, com a presença do Prefeito Municipal e todos os Secretários, além dos funcionários públicos da Prefeitura Municipal, Presidente da Câmara e todos os Vereadores, Comerciantes e representantes da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas, Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Mairi, Associados, Aposentados e Pensionistas, Associação dos Agentes Comunitários, Presidente do Conselho Municipal de Segurança Pública, representantes da APL com vários professores e demais representantes da Sociedade civil organizada.

Em 24 de Abril de 2017, o Banco do Brasil – BB agência de Mairi (BA), localizada em SEDE PRÓPRIA, foi sinistrada com explosivos, sendo que até a data atual a agencia não foi reformada e presta atendimento contingenciado, e após um ano o BB não se manifesta quanto à retomada integral dos serviços, correndo o risco de fechamento em definitivo, apesar das representações do município já ter participado de 04 reuniões com a Diretoria e Superintendência do Banco.

Com o provável fechamento da agência do Banco do Brasil de Mairi, que atua há 42 anos, no município, fomentando seu desenvolvimento, circulando mais de 90% de todo o dinheiro da cidade, a população resolveu se unir e manifestar contra o fechamento, cobrando do BB o cumprimento da sua função social e o respeito a população de Mairi e região.

De acordo com a organização do protesto, a finalidade da manifestação é sensibilizar a Superintendência da Bahia e a Diretoria Nacional do Banco do Brasil. A população regional que corresponde a aproximadamente 35 mil habitantes sofrerá com o fechamento e isso afeta significativamente a economia da região.

A ação dos manifestantes começou por volta das 10h, concentrada em frente a Prefeitura Municipal e seguiu em marcha até a sede da agência do Banco do Brasil localizada no centro da cidade. Em frente à agência foram proferidos discursos por diversos representantes da sociedade, inclusive vereadores, presidentes de Sindicatos e Associações, pensionistas, funcionários públicos e cidadãos mairienses.

Os discursos denunciaram os prejuízos que têm com o fechamento da agência, o que na prática, gera um retrocesso no desenvolvimento econômico local e afeta diretamente os pequenos e médios agricultores, os funcionários públicos municipais, os comerciantes locais, os aposentados e pensionistas, além das 100 crianças do Programa AABB Comunidade que funciona há 17 anos.

A comunidade aguarda uma posição do Sr. Presidente do Banco do Brasil, Diretoria Nacional e Superintendência da Bahia que atenda aos seus interesses e não os dos poderosos de Brasília.

Veja mais fotos: 
Fonte: Agmar Rios