' ANGICO NO AR: Preso homem que matou esposa, ensacou e escondeu o corpo debaixo da escada

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Preso homem que matou esposa, ensacou e escondeu o corpo debaixo da escada

Policiais civis da 37ª Delegacia de Polícia Civil de Divino/MG, chefiados pelo delegado Dr. Diêgo Candian Alves cumpriram um Mandado de Prisão Preventiva contra Cleoni Henrique Martins, DE 40 anos. Ele é suspeito de matar a sua companheira, Patrícia Cássia de Freitas, 38 anos, seguido de ocultação de cadáver, no último dia 15 de agosto, por volta das 15 horas, no interior da residência do casal.
A vítima foi encontrada dentro de um saco de lixo e debaixo da escada da casa. “As informações preliminares davam conta de que um corpo havia sido encontrado, esquartejado, debaixo de uma escada, próxima à residência do casal. Contudo, no decorrer das investigações, mais precisamente baseado no laudo pericial de local e no laudo de necropsia, ficou constatado que o autor não chegou a esquartejar o corpo da vítima, contudo, ocultou-o, logo após o feminicídio, debaixo de uma escada, que dá acesso ao segundo andar da residência onde morava o casal.

Trata-se de um local pequeno e apertado, tendo o investigado colocado o corpo de Patrícia bem no canto do interior da escada, tendo, desse modo, o tampado com sacos utilizados para carregar latinhas e com ferramentas que já estavam no local.

O suspeito, logo após os fatos, empreendeu fuga na quarta, dia 16 de agosto, indo para a cidade de Manhuaçu/MG, onde permaneceu até o último sábado, dia 19 de agosto, quando fez contato com sua genitora. Em seguida, se apresentou à Polícia Civil, hoje, pela manhã, ocasião em que foi dado cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo MM. Juiz da Comarca de Divino e requerido pelo Delegado na sexta-feira, oportunidade que foi realizado o seu interrogatório.

Uma vez interrogado, o suspeito alegou que durante uma discussão, Patrícia, muito nervosa, disse a ele que queria “acabar com aquela história” e que ia matar o 

amásio, tentando alcançar uma faca para atingi-lo, porém, foi impedida pelo autor que desferiu um soco contra seu pescoço, causando o desmaio da vítima. Após recobrar sua consciência, Patrícia, sem conseguir se levantar, disse que ia matá-lo, mas foi morta neste momento, asfixiada por um pano que o amásio colocou em sua boca.
Cleoni Henrique Martins enrolou o corpo de Patrícia em um cobertor e em seguida numa lona, arrastando a mesma para o lado externo da casa, onde ocultou o cadáver embaixo de uma escada localizada nos fundos do imóvel. Após matar a amásia, Cleoni dormiu em casa com a filha de nove anos, deixando a menor com a avó materna no dia seguinte, após informar que Patrícia havia viajado para o Rio de Janeiro. O autor alegou que sempre foi traído por Patrícia, mas apesar disto fazia de tudo para agradá-la e salvar sua união, mas a mesma era muito nervosa e iniciava discussões sem motivos aparentes com frequência. C.H.M. morava com Patrícia há 19 anos e estavam morando em Divino/MG desde março desde ano, quando se mudaram do Rio de Janeiro.
Os aparelhos celulares da vítima e do suspeito foram apreendidos e serão periciados. O investigado, uma vez preso, encontra-se à disposição da Justiça da comarca de Divino/MG e será indiciado por homicídio duplamente qualificado (motivo torpe e feminicídio) e por ocultação de cadáver” informa oficialmente a Polícia Civil.
Fonte: Minas Hoje