' ANGICO NO AR: ‘Se eu chego na hora iria arrancá-lo do trio’, diz coronel sobre Igor Kannário na Micareta de Feira

terça-feira, 23 de maio de 2017

‘Se eu chego na hora iria arrancá-lo do trio’, diz coronel sobre Igor Kannário na Micareta de Feira

Em resposta as declarações do cantor Igor Kannário durante sua apresentação no domingo (21), último dia de Micareta de Feira, o coronel Adelmário Xavier, do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), disse que faltou uma reposta mais rígida da Polícia Militar em relação ao comportamento do cantor. Ele declarou que o artista deveria ter sido conduzido em flagrante por desacato a funcionário público em serviço e que se estivesse na hora iria retirá-lo de cima do trio.

Durante a festa o cantor parou de cantar para pedir a punição a uma policial feminina após acusá-la de agredir foliões durante a festa. Ele disse ainda que era mais autoridade que a policial por ser um vereador.

“Infelizmente quando isso chegou ao meu conhecimento eu já tinha saído do circuito porque se eu chego perto dele, o procedimento normal era deixar terminar a apresentação e conduzi-lo à delegacia. Se eu chego no momento eu iria arrancá-lo do trio e se caso fosse eu iria fazê-lo engolir aquele microfone para ele aprender a respeitar as pessoas e a Polícia Militar da Bahia”, declarou o coronel.

No Instagram de Igor Kannário, a assessoria de comunicação disse que o cantor ficou abismado com a ação da polícia em Feira de Santana e que ele pedirá a designação de uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Salvador, para que o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Anselmo Alves Brandão, dela participe e esclareça os fatos e as providências.
Fonte: Acorda Cidade