' ANGICO NO AR: Conheça e baixe apps concorrentes do WhatsApp

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Conheça e baixe apps concorrentes do WhatsApp

O WhatsApp é líder de mercado no Brasil quando nos referimos aos mensageiros. O número de seus usuários cresceu ainda mais depois da plataforma ter sido adquirida pelo gigante Facebook, em fevereiro de 2014. Apesar da promessa feita de não ocorrer nenhuma mudança para os clientes, o app passou a mostrar quando o usuário lê a mensagem.

O recurso não agradou a todos, e outros mensageiros ganharam mais espaço. Veja quais são os melhores concorrentes do WhatsApp no Brasil:

Telegram
Disponível de graça para Android, iOS, Windows Phone, Web, Windows, Mac, Google Chrome e Linux, o Telegram funciona como mensageiro instantâneo, possibilitando conversas com os seus contatos através de mensagens de textos e emoticons. Também libera conversas em grupo e o envio de fotos e vídeos.

O trunfo do mensageiro, entretanto, é o recurso de autodestruição de conversas e sessões de bate-papo criptografados: que agrada bastante os usuários, por focar na privacidade. Se precisar forçar o encerramento do aplicativo, não se preocupe, pois a mensagem enviada chegará da mesma forma dado o uso de envio de mensagens em segundo plano. Na altura em que o Facebook comprou o seu rival, o Telegram chegou a registrar cinco milhões de downloads em um dia.

ZapZap
A brincadeira dos brasileiros que transformava o nome do WhatsApp em “ zap zap” se tornou séria, dando vida ao aplicativo ZapZap. Talvez por conta da sua divertida origem, o aplicativo caiu na graça do público e adquiriu um número de usuários suficiente para o colocar entre os concorrentes do mensageiro líder. Mas, infelizmente, a aplicação só pode ser baixada em smartphones com Android, ou usado em navegadores.

A ideia de dar uma cara brasileira ao mensageiro WhatsApp foi abraçada pelos usuários e continua tendo mais adeptos pela maior velocidade geral do aplicativo e de resposta do servidor. Recursos como conversas criptografadas, compartilhamento de qualquer tipo de arquivo, bem como a sua versão totalmente funcional, que roda em navegadores com Google+ Chrome ou Mozilla Firefox, e ainda permite iniciar nova conta diretamente do browser.

Viber
Embora o WhatsApp tenha anunciado que vai permitir chamada gratuita por voz, o recurso não será novidade entre os mensageiros. O Viber já deixa seus usuários fazerem ligação de graça, via Wi-Fi ou 3G, desde que chegou ao mercado. A ferramenta é uma das armas que o colocam na condição de principal adversário do produto da empresa de Mark Zuckerberg. O Viber pode ser instalado no Android, iOS, Windows Phone, BlackBerry, Symbian, Windows, Mac e Linux, gratuitamente.

O número de usuários é um ponto a favor do Viber, que chegou a ganhar um milhão e meio de usuários, em apenas uma semana, quando liberou chamadas gratuitas a telefones fixos de todo o Brasil, respondendo ao anúncio do WhatsApp. Em suma, ele se destaca pelas chamadas custo zero, mensagens de voz, chats coletivos de celebridades ou marcas e criação grupos de conversa. Além disso, permite o envio de diferentes arquivos de mídia.

Hangouts
Essa é a oposta do Google para rivalizar com o WhatsApp, do Facebook. O Hangouts, conhecimento por integrar o bate-papo do Gmail, é um mensageiro que disponibiliza conversas por texto, áudio ou vídeo, além do compartilhamento de imagens e emoticons. Disponível para Android, iOS, Google Chrome e Outlook, utiliza a ferramenta de videoconferência do Google+ como carta na manga para atrair mais usuários. Os hangouts de vídeo em grupo suportam até dez pessoas.

Quem usa a sua nova versão para iOS pode efetuar chamada de vídeo de até 10 segundos, assim como compartilhar a sua localização atual. O app Hangouts tem sincronização com as suas contas no Google e é possível conversar em grupo.

WeChat
O aplicativo WeChat é um dos mais conhecidos do gênero, pois vem pré-instalado em alguns sistemas operacionais de celulares. Uma ótima vantagem do mensageiro deve-se ao recurso de tradução de mensagens, no iPhone. Ele é gratuito e pode ser instalado em dispositivos Android, iOS, Windows Phone, Mac, Blackberry e Symbian.

Traz as básicas funcões para troca de mensagens de texto, voz, envio de fotos e vídeo. Porém, o serviço de chamadas por vídeo em HD, entre duas pessoas ou em grupo, são as fortes características do aplicativo, que também funciona como uma rede social e está integrado ao Facebook. O WeChat também tem funções de privacidade, como armazenamento secreto de mensagens em local seguro e leitura em modo off-line – aceitando ler os recados dos seus amigos mesmo se não estiver conectado à internet. 

Line
O Line chega a ser uma das melhores alternativas ao WhatsApp pelo fato de ter um número de usuários significativo. Tal como o WeChat, vem entre os aplicativos previamente acoplados a plataforma de alguns celulares.

A semelhança entre os dois não para por aí, já que também tem um certo toque de rede social. Gratuito e disponível para Android, iOS, Windows Phone, BlackBerry, Firefox OS, Windows e Mac, o mensageiro disponibiliza em todos os sistemas opções para efetuar ligações e enviar mensagens sem pagar nada, desde que tenha conexão 3G. Seu maior diferencial é ter editor de imagens e vários jogos.

Kik Messenger
Este é o concorrente do WhatsApp com uma característica peculiar: não necessita de estar vinculado a um número de telefone para funcionar. Se o seu número de usuários ainda decepciona, em relação aos seus adversários, os recursos do Kik fazem com que seja cada vez mais usado: tem acesso direto aos vídeos do YouTube, permite desenhar ou escrever com caneta, faz procura de imagem diretamente da Web e permite a criação de memes. Pode ser baixado no Android, iOS, Windows Phone e Blackberry.

Apesar de um destacar-se do outro por pequenas razões e detalhes, todos estes aplicativos dispõem de recursos prontos para bater de frente com o WhatsApp. Logo, se estiver insatisfeito e quiser substituir o app do Facebook, qualquer um dos mensageiros listados estará em altura de desempenhar o seu papel com maestria. Um ponto contra eles deve ser o menor número de usuários, mas a seu favor está o fato de ganharem uma grande quantidade de utilizadores por causa de novos recursos adicionados ou mesmo a cada falha do rival WhatsApp.
Fonte: TechTudo