' ANGICO NO AR: Uma mulher do Zimbábue deu à luz um “sapo”

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Uma mulher do Zimbábue deu à luz um “sapo”

Uma mulher zimbabuense deu à luz uma “criatura semelhante a uma rã”. Precious Nyathi, da aldeia de Gokwe, noroeste do país, estava grávida de oito meses quando entrou em trabalho de parto.

Mas seu marido, Sr. Nomore, ficou perplexo quando a sua mulher de 36 anos deu à luz “algo estranho” que se assemelhava a uma criatura anfíbia. O bebê morreu mais tarde no hospital antes que os anciãos da vila requisitassem que a “criatura rã” fosse queimada na frente dos residentes. Nomore, de 39 anos, disse: “Eu corri para casa e fiquei chocado ao ver um sapo… que minha esposa tinha gerado. No hospital confirmaram que ela entrou em trabalho de parto, mas ficaram igualmente chocados.”
Crédito: Reprodução
Apesar de receber atendimento médico, o bebê morreu mais tarde no Gokwe District Hospital, de acordo com o site de notícias local The Herald. Imagens chocantes mostram o minúsculo corpo deitado em um pedaço de papel no chão. Mais tarde, Sr.ª Nyathi disse a repórteres: “Eu estava esperando uma criança e isso é o que os céus nos deram. É uma experiência infernal que vai me perseguir toda a minha vida.” O casal desesperado levou o bebê para casa porque queriam pedir conselhos aos “anciãos da aldeia e ao chefe local”. The Heraldrelata que os líderes comunitários ordenaram que a “criatura semelhante a uma rã” fosse queimada. O hospital confirmou o nascimento, com um porta-voz acrescentando: “Ela era nossa paciente que viria para exames de rotina, juntamente com outras mulheres grávidas. Ficamos chocados quando ela chegou ao hospital na companhia de seu marido e alguns vizinhos dizendo que ela tinha parido um sapo.”

Até agora não houve nenhuma explicação médica para o nascimento incomum. O chefe da aldeia, Njelele, disse que as autoridades do hospital não conseguiram explicar o que aconteceu.
Fonte: Jornal Ciência