' ANGICO NO AR: Após matar marido com tiro de garrucha na zona rural de Guaratinga, mulher vai a polícia pedir ajuda

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Após matar marido com tiro de garrucha na zona rural de Guaratinga, mulher vai a polícia pedir ajuda

Na zona rural de Guaratinga uma mulher foi presa no fim da tarde de domingo (26), após matar o marido com um tiro de arma artesanal. Daniele Souza Alves, de 24 anos, contou que foi agredida e ameaçada por Uallas dos Santos Viana, cinco anos mais velho.

Ela declarou para a polícia que foi até o quarto e encontrou uma garrucha, que era do próprio companheiro. Antes do disparo, Daniele contou que Uallas chegou a pegar uma faca e ameaçá-la. "Ele também me desafiou a atirar. Disse que eu não saberia manusear a arma. De repente só ouvir o estouro”, contou a acusada em depoimento.

Depois de atingir o marido, Daniele conseguiu uma carona para ir até o pelotão da Polícia Militar, na cidade de Guaratinga, pedir ajudar. "Ela chegou aqui chorando muito e aos gritos, pedindo ajuda", disse um policial.

A polícia e uma equipe do Samu se deslocaram até a fazenda onde o casal morava, mas Uallas já estava morto. O delegado Hermano Costa autuou Daniele em flagrante por homicídio consumado.
Fonte: Liberdade News