' ANGICO NO AR: Após "pente fino", programa Bolsa Família já descredenciou 600 mil famílias

domingo, 28 de agosto de 2016

Após "pente fino", programa Bolsa Família já descredenciou 600 mil famílias

Ao todo, 14 milhões de famílias integram o cadastro do programa, mas após o pente fino realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, 600 mil famílias foram retiradas do programa por não obedecerem mais às especificações dele.

Depois das eleições, Temer lançará, em parceria com as prefeituras, um programa de inclusão produtiva dos beneficiários do programa, como estímulo para deixar de receber o Bolsa Família. Os beneficiários terão linhas de crédito subsidiadas para comprar material de trabalho, como máquinas de costura, de jardinagem e mecânica, entre outros. Os prefeitos que mais incluírem esta mão de obra receberão anualmente um prêmio em dinheiro para projetos em sua cidade.

“O Bolsa-Família é uma das maiores causas da informalidade. A pessoa não quer perder o benefício, então deixa de assinar a carteira de trabalho. Vamos garantir os dois rendimentos e manter o número dos cartões. Caso a pessoa perca o emprego, ela retorna para o programa. É uma segurança e um estímulo”, disse o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.