' ANGICO NO AR: Mulher que confessou por WhatsApp ter matado o namorado é presa e chora durante depoimento

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Mulher que confessou por WhatsApp ter matado o namorado é presa e chora durante depoimento

Suspeita de matar o próprio companheiro a facadas, Joelina Nascimento Lima, 42 anos, se entregou a Polícia Civil na tarde de terça-feira (5), em Itanhaém, no litoral de São Paulo. De acordo com informações do site 'G1', ela chegou a delegacia acompanhada de um advogado e confessou o crime.

Conforme o delegado Jaime Marcelo da Fonte Nogueira, responsável pelo caso, Joelina chorou muito ao se entregar. O delegado afirma ainda que ela disse estar arrependida de ter cometido o crime. Ela foi encaminhada para a cadeia Feminina de São Vicente.

Confissão por WhatsApp
O crime aconteceu na última terça-feira (28), em Itanhaém. O corpo de Vancleves da Silva Lima, 40, foi encontrado na casa da suspeita. Ele tinha ido até o local para terminar o relacionamento com Joelina.

Vancleves foi atingido com duas facadas nas costas e três no peito. Conforme familiares da vítima, Vancleves estava insatisfeito com o relacionamento devido a discussões frequentes e, por isso, queria terminar.

Após matar o companheiro, Joelina confessou o crime para a família da vítima, por meio do aplicativo WhatsApp. Nas mensagens, ela afirma que chamou a polícia. "Discutimos e nos agredimos. Tínhamos bebido. Sempre tinha uma faca ao lado da cama, no caso de alguém tentar entrar em casa. Perdi a cabeça. Chamei a polícia, mas ela não tinha chegado. Então, saí sem rumo", escreveu. Ela estava desaparecida desde então.
Informações do G1