' ANGICO NO AR: Brigada Militar autoriza soldado a se casar com farda militar

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Brigada Militar autoriza soldado a se casar com farda militar

"Quanto mais policiais militares estiverem bem na vida particular, será melhor. A gente quer que tenham uma vida boa, tranquila. O que nós combatemos é o policial fardado num bar de quinta categoria bebendo, na zona do meretrício. Daí, sim, é imcompatível" declarou o comandante geral da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, coronel Alfeu Freitas Moreira, para o jornal Folha de São Paulo. A afirmação foi feita na tarde desta sexta-feira, após o oficial autorizar o uso do uniforme de gala da instituição pelo soldado Miguel Martins, de 29 anos, que se casará com seu noivo Diego Souza, de 21 anos, que será realizada no dia 23 de dezembro deste ano em um clube na fronteira com o Uruguai.

Martins, militar há 10 anos, está lotado no 1º Batalhão de Patrulhamento de Áreas de Fronteira (1º BPAF), de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, ele já havia recebido o aval do comandante da Fronteira, tenente-coronel Roberto Ortiz, que encaminhou o pedido ao Comando Geral, em Porto Alegre. Ele se casará com o traje branco tradicional, de botões dourados e cap branco, símbolos da instituição que tem 179 anos e verá pela primeira vez um casamento gay com as honras oficiais. Dois outros militares serão padrinhos da cerimônia.

O soldado resolveu lutar por seus direitos depois que percebeu estranhamento de outros policiais e quis mostrar que sua família deve ser respeitada tanto quanto as outras.