' ANGICO NO AR: Acusado de vários crimes morre em confronto com policiais durante operação

sábado, 25 de junho de 2016

Acusado de vários crimes morre em confronto com policiais durante operação


Um homem acusado de vários crimes em Alagoas morreu em confronto com policiais, na manhã deste sábado (25), por volta das 5h, durante uma operação das polícias Civil e Militar, deflagrada na cidade de Inhapi. Pauliano Silva Santos, conhecido como “Coringa”, era foragido da Justiça.

Os policiais cumpriam um mandado de prisão contra o acusado na residência dele, quando foram recebidos a tiros por ele, que estava armado com um revólver calibre 38. “Coringa” foi atingido durante a troca de tiros e morreu no local. Na casa dele, foi apreendido mais um revólver calibre 38 e uma balaclava (toca ninja), comumente utilizada em assaltos.

Segundo o delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti, titular da Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), o foragido da justiça era acusado de pelo menos oito crimes. “Ele tinha envolvimento com tráfico de drogas, roubo, sequestro, homicídio e diversos outros crimes praticados no Sertão e em Maceió”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, “Coringa” foi quem atirou contra o carro dele e quase matou um policial militar que estava com ele, durante uma abordagem, no dia 16 deste mês, em um trecho da AL-220, no município de Delmiro Gouveia.

Conforme Cavalcanti, o suspeito também é autor do assassinato do agricultor Espedito José dos Santos, conhecido como “Espeditinho”, 67, morto a tiros na porta de casa, durante um assalto ocorrido no dia 22 de maio deste ano, Sítio Retiro, zona rural de Inhapi.

“Além disso, ele fazia parte do grupo criminoso liderado por Walisson dos Santos Silva, 18, que já está preso acusado de cometer três homicídios e liderar o tráfico de drogas, numa localidade conhecida como “Ponto Chique”, no bairro Desvio, em Delmiro Gouveia”, concluiu o delegado regional.

A opera&cccedil;ão foi coordenada pelo delegado Rodrigo Cavalcanti e o tenente-coronel Joaz Fontes, comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Os dois são coordenadores da 24ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP).

Participaram policiais civis da 1ª-DRP e militares do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes) e Companhia Independente de Operações em Área de Caatinga (CIOPAC).

Os trabalhos foram acompanhados pelo delegado-geral da Polícia Civil, gerente de polícia judiciária da área 1, delegada Ana Luiza Nogueira, Paulo Cerqueira, chefe do Comando de Policiamento de Área do Interior (CPAI-1), coronel Luiz Carlos; comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, e secretário de estado da segurança pública, coronel Lima Júnior.
Fonte: Correio Notícia