' ANGICO NO AR: 5 coisas que acontecem no seu cabelo quando você passa chapinha

sábado, 30 de abril de 2016

5 coisas que acontecem no seu cabelo quando você passa chapinha

Qualquer fonte de calor, como secador de cabelo ou chapinha, e até a exposição excessiva ao sol forte são responsáveis por reter a umidade do cabelo. Essa falta de hidratação, entre outros problemas como a perda de viço e brilho, altera a estrutura do fio, que pode quebrar mais facilmente.

A grande dificuldade é que, para não danificar a estrutura capilar, é preciso usar esses tipos de aparelho em uma temperatura não muito alta, no máximo 190º C. Cabelos finos, por exemplo, precisam ser expostos à temperatura ainda mais baixa 150º C, e os tingidos, 140º C para não desbotar.

Consequências da chapinha

1. Seu cabelo sofre danos, não tem jeito. Tudo porque leva o calor diretamente aos fios com a fonte de alta temperatura literalmente encostada às cutículas dos cabelos. Por isso, deve ser usada com muito cuidado e sempre com proteção.

2. Os fios podem ficar ressecados. E, em casos extremos, quebrados e até mesmo queimados. Entre os danos causados pela chapinha - e o secador de cabelo, estão as pontas duplas, o excesso de frizz e o fio opaco ou sem brilho.

3. Seus cabelos, sem proteção, torram. Não há possibilidade de expor os fios a qualquer fonte de calor quente sem a proteção térmica. É fundamental usar antes um produto leave-in termoativado com silicone. E após, um hidratantes à base de óleo, para repor a água perdida.

4. Em cabelos com excesso de queratina
(na estrutura dos fios, ou adicionadas com cremes para pentear), a chapinha deixa os fios grossos e espigados. Tudo porque em contato com o excesso de calor, o cabelo queratinizado acaba ficando duro e sem movimento.

5. O sinal de que a chapinha está danificando o cabelo, é quando o fico fica áspero. Se o calor for exagerado, dá até para sentir um cheiro de cabelo queimado no momento da agressão. Cuidado. Capriche na proteção.

Por Bolsa de Mulher