' ANGICO NO AR: Jovem foi morta após rejeitar namoro com traficante

quarta-feira, 2 de março de 2016

Jovem foi morta após rejeitar namoro com traficante


O traficante Elton Vinícius Bispo Freitas, de 29 anos, conhecido como Acarajé, foi apresentado pela Polícia Civil da Bahia, nesta terça-feira, como um dos suspeitos da morte de uma jovem, no bairro Fazenda Grande, em Salvador. O crime aconteceu em 27 de dezembro do ano passado. Segundo as investigações do caso, a vítima, identificada como Carla Nadiele Moreira da Silva, de 27 anos, foi assassinada porque não queria se relacionar com outro traficante, apelidado de Macauli, apontado pela polícia como um dos principais auxiliares de Freitas em uma quadrilha.


De acordo com o delegado Jamal Amad, coordenador da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS), Carla foi morta por Macauli, com ajuda de dois comparsas. O investigador apurou que o traficante tentava se relacionar com a vítima, mas não era correspondido. Ele, então, a matou com cinco tiros. A polícia apura se Freitas também teria participação no crime.

Como homem de confiança de Freitas, Macauli é investigado por cometer assassinatos de rivais a mando do líder da quadrilha. Freitas, no entanto, nega que tenha ordenado a morte de Carla. Segundo a Polícia Civil, Macauli e os dois comparsas que teriam matado a jovem fazem parte de uma quadrilha que era liderada por Freitas e, atualmente, estão foragidos. Freitas foi preso, neste sábado, na localidade 1º de Maio, na Fazenda Grande, durante uma operação da Polícia Civil. Ele estava com mandado de prisão em aberto pelo homicídio de uma traficante, chamada Maria do Amparo dos Santos.
Extra